domingo, 6 de outubro de 2013

"MANTO DE VERDURA"

Para os meus a olhar!
Ao acordar não estavam
Por outros se apaixonaram
 Os meus olhos a sonhar,

 Triste foi aquele dia
 Cair de tristeza deixaram 
Lágrimas na terra fria
Sepultadas lá ficaram.

Para receber o seu amor
Tem um manto de verdura
Nasceu uma linda flor
Junto à sepultura!
(Eduardo Maria Nunes)
Simone Prado diz:
Nossa....que fúnebre...
mas lindo e encantador,
mesmo na sepultura
ainda podemos poetar o amor.
 nem o tempo e nem a distancia
podem te apagar...
sementes são plantadas
pra sempre germinar.
http://monsoresprado.blogspot.pt/

14 comentários:

  1. Boa tarde meu querido amigo
    Que as lágrimas da tristeza fiquem para sempre sepultadas. Que debaixo deste manto de verdura more as sementes que germinarão trazendo a felicidade. Lindo poema Edu! Parabéns por mais visceral poema.
    Beijos com meu carinho e minha sincera amizade.
    Bom finalzinho de domingo
    Gracita

    ResponderEliminar
  2. Nossa....que funebre...mas lindo e encantador, mesmo na sepultura ainda podemos poetar o amor.

    Saudades meu amigo fiel, nem o tempo e nem a distancia podem te apagar...sementes são plantadas pra sempre germinar.

    ResponderEliminar
  3. BOA NOITE MEU INDIOZINHO QUERIDO !
    AGORA ESTÁS VOLTANDO MAIS FREQUENTE COM TEUS LINDOS POEMAS DO QUAL ENCANTA QUEM POR AQUI PASSA.
    O POEMA É FENOMENAL E ATRAENTE.AINDA TRAGO UM CONVITE ESPECIAL:
    O BLOG MILAGRE DO POETA DANIEL ESTÁ COM UM LINDO POEMA NOMINAL DEDICADO A NOSSA AMIGA BLOGUEIRA CHICA .CONVIDO PARA UMA FORÇA E APOIO COMENTANDO.
    http://danielmilagre.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  4. Olá meu amigo Edu, vim lhe dar um abraço, e desejar uma ótima e feliz semana. Lindo o seu poema, pois de triste na primeira impressão, tornou-se encantador...
    Bjs, boa noite amigo,
    Clarice

    ResponderEliminar
  5. Pode ser poético, mas prefiro ser cremada.
    A sepultura faz-me uma enorme impressão.

    Muito bonita a tua forma de tornar em poesia mesmo coisas desagradáveis.

    Beijos

    ResponderEliminar
  6. Lindo. A tristeza também se faz em poesia.
    Bjs
    Sol

    ResponderEliminar
  7. Belíssimo,Edu.

    Que as tristezas fiquem sepultadas que delas floresça somente dádivas e felicidade.

    Beijinhos e ótima semana

    Dryka

    http://www.suasenossas.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  8. OLÁ DOLADINHO SAUDADES...TRISTINHO E LINDO O POEMA!!!UMA SEMANINHA BEM CHEINHA DE AMOR,,PAZ E SAÚDE PARA VC... Depende de nós Quem já foi ou ainda é criança Que a credita ou tem esperança Quem faz tudo pra um mundo melhor ...FELIZ DIA DA CRIANÇA E NO MEU BLOGGER TEM FESTINHA PARA NÓS ETERNAS CRIANÇAS..FELIZ SEMANINHA !!

    ResponderEliminar
  9. Amigo poeta, quanto tempo não vinha aqui. Lamento que tenha encerrado o CVC. Não estava mais funcionando. Mas eu particularmente estou me esforçando e retornando as visitas a medida do meu possível. Tenha uma otima noite. Dado

    ResponderEliminar
  10. Eu não penso a morte como sepultura e você não ouve a música como eu e isso é engraçado e me fez rir pela manhã. Um excelente dia para você. Um abraço, Yayá.

    ResponderEliminar
  11. Obrigadão,Edu! Adorei e a acabei de publicar lá! abração,chica

    ResponderEliminar
  12. Oi Edu
    Adorei o dueto. Muito bom.
    Pena que não sei fazer poesias.
    Parabéns aos dois
    Obrigada
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  13. Olá Eduardo!
    Não sou boa com a rima,mas amo poesia e já me emocionei com o seu comentário no blog sementinhas para crianças da amiga Chica. Muito obrigada pelas palavras afetuosas!
    Começando a acompanhar seus registros também daqui,

    ResponderEliminar

Oferecido por Cristi@ne

Image and video hosting by TinyPic"

Oferta de Sandra Veneziani

Image and video hosting by TinyPic"