quinta-feira, 5 de setembro de 2013

"VEREDA DO DESTINO"

(Imagem Google)

Pela vereda do destino
Que antes tinha imaginado
Ouvi o toque de um violino
Ao lado corria água no regato.

O sol lá muito longe brilhava
Afastado de uma nuvem passageira
No céu, uma pomba branca voava
Levava no bico um raminho de oliveira.

Continuou a voar
para onde, não fiquei sabendo
Continuei pela vereda a caminhar
Suavemente, soprava o vento.

No meio do arvoredo ouvi cantar
Nas folhas, o zumbido do vento 
No regato as rãs a coaxar
A beber água estava um jumento.

No meio do rochedo
Junto a uma esteva florida
De ser pisada estava com medo
Uma folha no chão caída!
(Eduardo Maria Nunes)

15 comentários:

  1. Lindo poetar amigo Edú!

    Voltou bem inspirado das férias.rsrs

    bjs e um ótimo dia.

    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Inspiração linda novamente,EDU! abração, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  3. Bom dia!
    Tão bom começar o dia com algo suave, brando e repleto de harmonia e paz...
    Gostoso!!
    bjs
    Ritinha

    ResponderEliminar
  4. Inspiración que transmite, que nos traslada por esas veredas y esos caminos de la vida con esa Paloma con el olivo en el pico.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  5. Boa tarde amigo Edu!
    Amei as rimas amigo...
    Bela poesia, bela inspiração...

    Beijos de sua amiga Fernanda Oliveira

    ResponderEliminar
  6. Eduardo


    Amor
    Palavra linda
    Palavra simples
    Palavra pequena
    Apenas quatro letras

    Mas quatro letras
    Todas diferentes
    E todas fortes

    Amor tantas palavras
    Tantas vezes usadas
    Tantas vezes lidas
    Tantas vezes gastas

    Palavras que usamos
    E sentimos que o Amor
    É mesmo o único elo
    Que move o mundo
    Que nos rodeia.
    Por isso,
    Continuamos sempre
    A viver ...
    E a procurar o Amor!

    LILI LARANJO

    e


    ResponderEliminar
  7. Boa tarde

    fantástico. Poema de inspiração divina

    Deixo abraço
    ********************
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Vim retribuir a visita e tive uma bela surpresa...vou ficar por aqui!
    Maria

    ResponderEliminar
  9. Oi Eduardo, Adirei a sua poesia, você deu uma pausa e suas poesias rejuvenesceram.
    Adorei
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  10. Voltei pra agradecer o lindo poema e carinho! abração, lindo fds! chica

    ResponderEliminar
  11. Muito belo o teu poema querido amigo,super adorei. Vi deixar o meu carinho,desejo-te um excelente fim-de-semana,fica com deus!! http://mafaldinhaarte.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  12. Olá!Boa noite
    Amigo Edumanes
    Bom retorno!
    Muito lindo e encantador poema reflexivo!
    Eu gosto de pensar que nós, seres humanos, alcançamos o propósito para o qual fomos criados ...Vereda é um caminho difícil de encontrar e de se manter nele. No entanto, é um caminho com destino certo. Você só se perde se sair (desviar) dele...e aí poderá ser pisoteado,
    Agradeço pelo carinho
    Belo final de semana
    Abraços

    ResponderEliminar
  13. Bom dia ,bom final de semana!
    Elogiar vc agradecer pelo carinho de sempre e parabenizar esse poema tão bonito mesmo com a folha caida no final, mas é divino bjussss

    Abraços com carinho
    De um feriado feliz..

    └──●► ¸.·*´¨) ¸.·*Rita!!

    ResponderEliminar
  14. Preciosos poemas Eduardo, bella noche.
    Te dejo un flor para tu perfumar tu sitio.

    http://conjurosdeamor.info/images/rosa-rossa-sfondo-desktop-1920x1200-01974.jpg

    ResponderEliminar

Oferecido por Cristi@ne

Image and video hosting by TinyPic"

Oferta de Sandra Veneziani

Image and video hosting by TinyPic"