quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

"A QUALQUER HORA"

Esta palavra saudade!
Duradoura a vida inteira
Sendo sempre a liberdade
A sua melhor companheira!

No jardim encontrei uma rosa!
Pela estrada da vida vou devagar
Não tenho pressa de ir embora
Muito menos pressa de chegar!

Se a saudade está em todo o lado.
Já com a liberdade assim não acontece
Ela tenta libertar quem está encarcerado 
Nem sempre entra onde lhe apetece!

A vontade, o desejo, o crer e o poder.
E outras tantas coisas pelo mundo fora
Porque as mágoas tanto fazem sofrer
 De noite ou de dia, a qualquer hora!
(Eduardo Maria Nunes)

11 comentários:

  1. Boa tarde amigo Edu !
    A saudade é um sentimento intenso que invade o coração, são lembranças boas, lembranças de pessoas !


    Beijos no coração da sua amiga Fernanda Oliveira

    ResponderEliminar
  2. Caro Eduardo, palavra saudade é das palavras mais significativas da língua lusófona. Já o cerceamento da liberdade é inimigo da saudade.
    Da flor saudade.
    Pressa? Quem a tiver que vá andando.
    Abração

    ResponderEliminar
  3. Olá querido amigo poeta.
    Bravo!!! Linda e emocionante poesia. Há esta saudade que esta no coração de todos, por vezes machucando e por vezes encantando. Não há como não sentir esta saudade, às vezes de uma pessoa ou um lugar ou até da época de juventude, de criança.
    Parabéns por tão lindas palavras.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. A qualquer hora
    as rimas dançam na tela
    saudosas, faceiras e belas

    Edu as enlaça e gira e gira,
    rodopiando feliz, com elas


    {abraços da Rosa}

    ResponderEliminar
  5. Edu, a saudade que por vezes sangra a alma, e outras nos faz feliz ao recordar momentos ou pessoas que amamos!


    Bjo meu amigo!

    ResponderEliminar
  6. A saudade dói,mas inspira! abração praiano,chica

    ResponderEliminar
  7. E como é bom termos a liberdade de sentir saudades!!!
    Saudades que nos acompanham por quase todos os dias de nossas existências...
    Belo poema, meu amigo!
    Abraço e um bom novo ano para si!

    ResponderEliminar
  8. Oi Edu
    Eu não gosto de sentir saudades, quando ela quer se aproximar tento expulsá-la com outra coisa qualquer.
    A saudade dói...
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  9. Saudade amigo Eduardo é conhecida de todos nós às vezes doce outras amarga...saudade tão portuguesa!

    Querido amigo tenho no meu blogue a correr um desafio, Rostos da diferença, em que muito gostava que participasse...será possível? Compreendo claro se o não fizer mas gostava muito!
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  10. Lindo,Edu.

    A palavra "saudade" só existe em português,sabia?

    Quem tem saudades é porque viveu plenamente,amigo poeta!

    Beijinhos e ótimo fim de semana

    Dryka

    Face Book :

    https://www.facebook.com/adriana.paz.505960


    Blog Suas Histórias Nossas Histórias


    ResponderEliminar
  11. Oi Edu,
    Mágoas a gente nunca esquece.
    Perdoar é uma coisa esquecer é outra
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar

Oferecido por Cristi@ne

Image and video hosting by TinyPic"

Oferta de Sandra Veneziani

Image and video hosting by TinyPic"