domingo, 24 de novembro de 2013

"DO NADA, A CRIAÇÃO"

Bem estar na vida!
 Com alegria e vontade
Viver sentido não faria
Amor sem felicidade.

A vida é ai que mal soa,
A vida que dá vida à vida
Como a nuvem que voa
Pelo vento desvanecida.

Faz da vida desgraçada,
A angústia perturba a vida
Sem esperança mal vivida
A tristeza a vida enfada.

Como folha da árvore caída
No fim da vida amarelada,
Seca, no chão desfalecida
Assim será o fim da vida
Na terra desfeita em nada!
(Eduardo Maria Nunes)

17 comentários:

  1. Muito bom, Eduardo.
    Gostei muito deste poema à Vida!

    Beijinhos
    Sónia

    ResponderEliminar
  2. Lindo, lindo, lindo, teu poema amigo Eduardo.
    Um abraço daqui do sul do Brasil.

    ResponderEliminar
  3. Olá, Edu. Lindo amigo! Adorei ler. Bjos e uma semana de paz e muitas bençãos! Bjos.

    ResponderEliminar
  4. Oi Edu,
    Eu já estou uma folha de outono quase desfalecida que pede socorro.kkk
    Deu uma ventania e você estava no meu blog e voou como uma folha pra nunca mais voltar.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  5. Que bom poder voltar as visitas de vcs, hj
    meu dia foi melhor,
    Vim deixar um abraço de agradecimento por todo
    carinho que vc tem comigo, muito obrigado pelas
    palavras que são deixadas na minha pagina
    Que Deus abençoe ricamente sua vida, e amigos eu guardo no coração
    Abraços de sempre.....Bjussssss

    └──●► *Rita!!

    ResponderEliminar
  6. Gostei muito Eduardo...que bom passar por aqui!
    Bjs
    Maria

    ResponderEliminar
  7. Muito lindo,Edu!!Gostei, como sempre daqui! abração,tudo de bom,linda semana!chica

    ResponderEliminar
  8. una entrada preciosa y muy sentida!
    Te deseo un hermoso comienzo de semana Eduardo.
    Besos.

    http://sombriabelleza.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  9. Olá amigo Eduardo, lindo e triste este seu poema. A nostalgia acompanha-o em tudo o que escreve. Adorei. Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  10. Pois é Edu!
    "A tristeza a vida enfada"

    Lindos versos, apesar de um pouco nostálgicos.

    ótima semana pra ti!

    ResponderEliminar
  11. Tudo tem um tempo aqui...
    Abraço Lisette.

    ResponderEliminar
  12. Bom dia amigo Edu !

    Gostei de ler-te !
    Bela poesia...


    Agradeço por sua carinhosa visita !

    Eu também não lhe esqueço saiba disso...
    Porque a brincadeira é diferente ?

    Amigo Edu beijos em seu coração da sua amiga Fernanda Oliveira

    ResponderEliminar
  13. Bom dia Eduardo, vim parabenizar
    todo esse encanto que vc é..

    Como folha da árvore caída
    No fim da vida amarelada,
    Seca, no chão desfalecida
    Assim será o fim da vida
    Na terra desfeita em nada!

    tenha um belo dia

    Bjos

    Vanessa

    ResponderEliminar
  14. Querido Eduardo Que belo poema! Senti uma melancolia entardecida em teus versos, mas amei!
    Grande beijo meu amigo...

    ResponderEliminar
  15. Vida que agora começa a preparar-se , não para morrer mas para renascer.
    Melhor pensar assim , de acordo Eduardo?
    Abraço, sempre!

    ResponderEliminar
  16. Uma poesia que se refere a uma inevitabilidade e à vida que dela faz parte.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Edu enquanto o fim não chega a gente recomeça todo dia do zero...
    Belo!!

    Beijos!!

    ResponderEliminar

Oferecido por Cristi@ne

Image and video hosting by TinyPic"

Oferta de Sandra Veneziani

Image and video hosting by TinyPic"