sábado, 17 de março de 2012

"UMA LÁGRIMA"

Nas folhas verdes, gotas de orvalho
alegres campos, verdes arvoredos,
uma lágrima no canto do olho,
caminhando por atalhos rochedos
lembranças de um sofrido desgosto!
  Tristeza transporta no rosto
caminhando para o campo vai
deitar a semente à terra
quando a chuva não cai.
Com uma lágrima a rega
a planta que da semente nasceu
dela nasce uma linda flor.
Regada com a lágrima caída, na terra 
da dor sofrida, de um perdido amor
saber sim com as palavras brincar,
ser mais fácil, do que poder alguém afastar
do sofrimento, que lhe causa tanta dor
lágrima caída, dor sofrida
 flor que rima com amor.

(Eduardo Maria Nunes)
(RESPOSTA)
Desse cenário vivido
embora tenha sofrido
tu retrataste tão bem
da semente plantada,
das lágrimas derramadas,
até dos desgostos.
Fico a pensar,
que sensibilidade é essa ao captar,
a dor de uma flor
que embora passou deixou marcas no ar.
Sob essa flor, parece, estudou,
percorreu seus passos
retratou seus cansaços  e seu amargor.
Fizeste dela um imagem,
linda flor em seu regaço,
onde suas pétalas derramou.
Mas como a semente não volta vazia,
vejo que em seu peito
essa flor cativou
um jardim bem florido
que mesmo na tristeza
seu coração alegrou.

(Simone Prado)
http://monsoresprado.blogspot.pt/

15 comentários:

  1. BOA NOITE MEU AMIGO DUDÚ!

    FLOR RIMA COM AMOR
    MAS NÃO RIMA COM DOR

    VC TRAZ O DOM DE TRANSFORMAR TODA DOR EM AMOR...NOS JARDINS DA VIDA
    VC É UMA FLOR EM BUSCA DE UM JARDIM PARA MORAR...
    BJSSSSSSSSSSSSS

    ResponderEliminar
  2. Amigo querido!
    Estou aqui, lendo essa linda poesia e visualizando o cenário...
    Amei! Parabéns!
    Abraços! Tudo de bom pra ti.

    ResponderEliminar
  3. Eu gosto da liberdade lá vou eu,me sinto livre e solta em pronunciar esta frase..bjs

    http://simonebastos2007.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  4. Nossa migo, essa tocou lá bem fundo do meu ser...maravilhosa poesia...maravilhosa. meus aplausos.

    ResponderEliminar
  5. Há tanto a se amar e se dedicar nesta vida, é procurar a quem, onde e ser feliz. A poesia é triste e a sua beleza vem da melancolia poetizada. Um abraço, Yayá

    ResponderEliminar
  6. A lágrima desce quando a dor aperta. Mas a melancolia de seus versos não entristece. Estão lindos! Bjs.

    ResponderEliminar
  7. Edu...lendo sua poesia linda...
    vim desejar um domingo bem lindo
    obrigada por tanto carinho
    beijos

    ResponderEliminar
  8. Oi, meus amigos Simone e Eduardo, é um prazer ler vocês, são amigos que me emocionam; sempre brincando com poesias* dizendo coisas ao coração da gente*. É uma riqueza" transformam tudo em riso que rima com o Paraíso*. Cantinho feliz!
    Desejo uma tarde/ quase noite de paz!
    Que sejam felizes, os dois.
    Beijos, amigo.

    ResponderEliminar
  9. Eduardo !
    Muito obrigada pela rima fiquei comovida e adorei
    Boa semana e volte sempre pois adoro ler suas rimas
    Ronrons da amiguinha
    Kika♥♥♥

    ResponderEliminar
  10. Edu,linda essa lagrima em poesia e maravilhosa resposta da Simone!Bjs e boa semana!

    ResponderEliminar
  11. Poesia e resposta da Simone, todas duas falam de amor e de dor com calor...
    Beijos Edu e boa semana!!

    ResponderEliminar
  12. Olá meu caro,

    belo poema e muito bem respondido pela Simone Prado.

    Eu me arrisco pouco na poesia, porque acho que isso é puro dom!

    Parabéns a você e à Simone Prado.

    Grande abraço

    Leila

    ResponderEliminar
  13. Meu querido amigo

    Que belo dueto...adorei.

    um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  14. Para o meu deleite, vim conhecer esse outro blog seu. Lindos os dois poemas. Bom domingo, amigo Eduardo!

    ResponderEliminar
  15. Uma lágrima poética que alimenta a vida.
    Um beijo

    ResponderEliminar

Oferecido por Cristi@ne

Image and video hosting by TinyPic"

Oferta de Sandra Veneziani

Image and video hosting by TinyPic"