sexta-feira, 22 de abril de 2016

"NO CANTO DO OLHO"

 Não deixa ficar desalojado,
quem você mais ama chorando,
com uma lágrima no canto do olho
se sair fecha a porta com o ferrolho
em casa, no trabalho ou viajando
 bom fim de semana, prolongado!

Não haverá felicidade sem amor?
 Para quem a vida será mais sombria,
 quem no corpo sente ausência de calor
mergulhado na tristeza, sem alegria.

Não satisfeitos os desejos,
 terão eles zarpado com os afagos
sentindo ausência dos doces beijos
esperando ternurentos abraços.

Terá sido apenas um sonho,
mas, podia ter sido realidade
à vida bela nunca se opondo
porque lhe dá estabilidade.

Zarpando da vida penosa,
foi ao encontro da felicidade
adormeceu no colo da preciosa
 acordou na cama da saudade!
(Edumanes)

7 comentários:

  1. Que linda poesia,Edumanes!abração, tudo de bom, lindo fds! chica

    ResponderEliminar
  2. Belo poema, meu caro amigo Eduardo. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um ótimo fim de semana.

    ResponderEliminar
  3. Que bela poesia Eduardo!
    Hoje caprichou nos seus sentimentos
    Linda demais!
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  4. A saudade volta sempre, meu caro!...
    Um forte abraço!

    ResponderEliminar
  5. Passei para desejar um bom domingo e deixar um abraço
    Maria

    ResponderEliminar
  6. Muito bonita sua poesia.Muita inspiração.
    Um abraço.

    ResponderEliminar

Oferecido por Cristi@ne

Image and video hosting by TinyPic"

Oferta de Sandra Veneziani

Image and video hosting by TinyPic"