terça-feira, 29 de julho de 2014

"NÃO VI O POSTE"

(IMAGEM GOOGLE)
Eu cá, sou mesmo assim!
por que não sou diferente
seja com ou sem plim-plim
se quem se cala consente.

Quem vive certamente,
 por acaso não sou assim
vai cantando alegremente
não estará tão triste assim.

 Distraído, não vi o poste!
vi no céu as estrelas e a lua
quando de noite naquele rua
caminhava de sul para norte

De robe vestido à janela!
com os seus pensamentos
não vi a cor dos olhos dela
 bela moça de cabelos pretos.

Vi sorrirem os lábios seus,
 parado, fiquei olhando
não seriam afetos meus
que ela estaria desejando!

No robe o corpo embrulhado,
precisando, talvez, de afeto
por quem esperava ser abraçado
com vontade, eu ali tão perto.

Abraçado a corpo quente,
contente, imaginando, sim
durmo e sonho livremente
 acordado sonhos sem fim!
(Eduardo Maria Nunes)

12 comentários:

  1. Embaixo desse robe eu penso,
    existem curvas sem fim,
    quisera tivesse um botão,
    e se despencasse ao chão.

    Que lindo meu amigo, bem poético e nos traz inspirações, amei, bom dia, beijos

    ResponderEliminar
  2. Dormindo e sonhando livremente
    Que bela moça terias em mente ?
    Talvez de olhos negros...
    Com doçura transparente
    :)
    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Meu Deus! My god! Amigo, poeta inspirado Eduardo, mando-te um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma ótima tarde.

    ResponderEliminar
  4. Caro Eduarda

    A imagem criou um bom ambiente, para que o que é dado como sonho.
    Porém floriu um poético sonho.
    É partir dos sonhos que tudo, mormente a poesia, pode falar em amor.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  5. Vai sonhando e escrevendo
    Que tudo terá um fim
    Eu por aqui passo e vou lendo
    Teu valor de poeta para mim

    Com o meu abraço te digo
    Trata bem essa menina
    Seu sorriso é doce como um figo
    Da minha Figueira pequenina.

    ResponderEliminar
  6. Belo sonho e inspiração! abraços praianos,chica

    ResponderEliminar
  7. Tenho trilhado caminhos tão desconhecidos meu amigo Eduardo, que preciso aprender com as novas lições a pisar nessa estrada, por esse motivo estou afastada um pouquinho.
    Mais sua visita sempre me alegra e me aquece a alma e, suas palavras trazem sempre um sorriso em meu rosto, agradeço por isso amigo.
    Te desejo bênção e luz em sua vida.
    Beijos de jasmim.

    ResponderEliminar
  8. Bom dia querido Eduardo... bom te receber sempre no meu Infinito... suas rimas nos dão alegria de passar um dia feliz, sabendo que tudo na vida é passageiro, mas as amizades são eternas... sempre iremos lembrar de vc...
    Bjinhos e um abençoado fim de semana, para ti e os teus...
    Cris e Fabio

    ResponderEliminar
  9. Quanta imaginação, amigo Eduardo.

    Gosto muito destas rimas divertidas com pensamentos que só os homens poetas sabem ter.

    Beijo

    ResponderEliminar
  10. Ah, mas que subtiliza Edu!
    O encantos das rimas na beleza da flor!
    Lindo
    Bjis

    ResponderEliminar
  11. Enquanto sonhas acordado
    Realizo-me em sua poesia
    Escreves calado
    E eu grito de alegria

    Como posso agradecer?
    Talvez impossível
    Você enobreceu eu dia
    E fez dele inesquecível

    Parabéns,
    Escreva sempre,
    Vais além,
    Ainda que sentado,
    Parado,
    Calado,
    Poetizando...

    Beijo, Edu!!

    ResponderEliminar

Oferecido por Cristi@ne

Image and video hosting by TinyPic"

Oferta de Sandra Veneziani

Image and video hosting by TinyPic"