sábado, 1 de setembro de 2012

"VERDES AO NASCER!"

FOTO: GOOGLE
São palavras loucas e meigas
desejos e prazeres, que excitam o amor
quando não verdadeiras,
deixam corações feridos de mágoa e dor.
Por caminhos que dantes foram veredas
entre vales e montes paisagens coloridas
pelos campos verdejantes na primavera
no outono empoeirado, ressequidas,
palavras cor da esperança, 
verdes ao nascer.
A moça que seus cabelos não prendia
com uma verde fita, não usa trança,
por entre as flores numa correria
feliz, de alegria numa louca dança,
com seu jeito namoradeiro
ela conquista corações,
amor não há como o primeiro
perfuma loucas paixões,
 para longe, o vento  brejeiro 
assobiando leva suas emoções
(Eduardo Maria Nunes)
Anita diz:
Emoções flutuantes e verdejantes
em mares além vistos
horizontes a desbravar
Eis que essa moça brejeira e faceira
a todos encanta
sem titubear em sua dança
sua fita verdejante faz brilhar
movimentos ao vento
E assim, eis que essa moça
de fita verde renasce a cada novo dia
embalada e embalando
a todos em sua mais linda melodia.
http://intimasintencoes.blogspot.pt/
Sônia Amorim diz:
As palavras iludem, e quer saber!
As vezes é melhor aceitá-las.
e num momento de prazer,
fazê-las serem mais forte que a razão,
é deixar bater o coração sem saber
direito em qual situação acreditar,
Como no primeiro amor
vamos tentando buscar
a inocência que nele há
para mais feliz ser
a cada dia num novo recomeçar.
http://escritorauniversoparalelo.blogspot.pt/
Simone Prado diz:
Lembrei-me que um dia essa mulher
existiu em mim, sonhando apenas dançar
entre as flores de um jardim.
Parece que o vento passou, arrancou
dela a esperança e aquela mulher
com sonhos de criança somente acordou.
Talvez já nem acredite mais no amor
que um dia partiu e a abandonou.
Nos lindos campos verdejantes,
agora uma metade de mulher está a vagar,
longe de um céu azul e distante do mar,
Apenas caminha sem destino, sem planos,
vivendo a cada dia sem o mundo olhar.
http://monsoresprado.blogspot.pt/
Li Barbosa diz:
Venho cá prestigiar
Este teu lindo dom de poetizar!
Faz das palavras um jogo de rimas
criando verdadeiras obras-primas
A linda menina brejeira
Um dia cresce e amadurece
mas do primeiro amor
ela nunca esquece!
http://autoralibarbosa.blogspot.pt/

33 comentários:

  1. Belo dia meu amigo !!!!!!
    Meu indiozinho querido !!!!!
    Que faz grandes mimos no blog do amigo Daniel,sempre me elevando nos mais doces comentários.Sabes como me encantar com essas rimas que faz do teus dias acontecerem fazendo dos meus,grandes sonhos ilustrados,rsrsrsrs
    Vejo sempre o teu desenrolar nas escritas e vejo como tens crescido dentro da escrita.Já li cada coisa sua que fico pensando o tamanho da sua inteligência.Sei que te superas em cada letra a mais que escreves.Ganhas mais admiradores e isso engrandece muito o ser humano como pessoa e como escritor das suas próprias palavras.Particularmente sou uma descobridora de talentos,te descobri neste universo foi uma dádiva,rsrsrs.Quando te levei a proposta para criares esse blog,sabia que tinhas tanto para nos oferecer,que não hesitei em pedi para criar mais um blog.Hoje vejo que valeu tanto,que chegaram pessoas tão talentosas para rimar contigo que fico desejando sempre te ler mais a cada dia.
    Que tal vc ir pensando em por tudo isso num livro,fará muito bem pra vc e pra quem te admira .O Daniel começou escrevendo um e hoje já está com o quinto livro editado,e com mais nem sei das contas para editar.Pensa profundamente na minha proposta ,rsarsrs,e o tempo responderá por isso ...
    bjs para o dia de hoje!!!!!

    ResponderEliminar
  2. Emoções flutuantes e verdejantes
    em mares além vistos
    horizontes a desbravar
    Eis que essa moça brejeira e faceira
    a todos encanta
    sem titubear em sua dança
    sua fita verdejante faz brilhar
    movimentos ao vento
    E assim, eis que essa moça
    de fita verde renasce a cada novo dia
    embalada e embalando
    a todos em sua mais linda melodia.

    Beijos de sua amiga, que se encanta com suas palavras,

    Anita

    ResponderEliminar
  3. Sempre lindo aqui.Tua inspiração não tem fim!! abração,tuuuuuuuuuuudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  4. Que delicia de poema, me vi andando em um campo florido, feliz da vida e livre!

    ResponderEliminar
  5. Muito lindo!!!
    Sua inspiração é como a flecha...
    ver certeira no coração
    e acaricia a alma
    bjs

    ResponderEliminar
  6. Que romântico uiaaaa amei
    Bjuss de bom final de semana
    Rita!!!

    ResponderEliminar
  7. ''com seu jeito namoradeiro
    ela conquista corações,
    amor não há como o primeiro
    perfuma loucas paixões,
    para longe, o vento brejeiro
    assobiando leva suas emoções''
    Gostei dessa parte,é Edu como sempre seus escritos estão de parabéns meu amigo. Lindo sábado pra ti. bjs! Fernanda Oliveira

    ResponderEliminar
  8. Olá!Boa tarde!
    Eduardo!
    Ah o primeiro amor, nasce não sei de onde. O sentimento é novo, inexplicável, fervoroso e floresce no centro de nosso ser.Ah o primeiro amor, que sempre será lembrado por todo o sempre...
    Obrigado!
    Bom final de semana!
    Abraços

    ResponderEliminar
  9. Olá Eduardo querido

    Lindo poema.

    Loucura e prazer que excitam o amor...
    E mesmo sendo verdadeiros deixam o coração machucado.

    Beijos e um lindo domingo pra você.
    Ani

    ResponderEliminar
  10. Palavras que viram versos,,,viram amor,,acariciam a alma...abraços e uma bela semana pra ti amigo...

    ResponderEliminar
  11. Bom dia meu querido amigo Eduardo.
    Sua tessitura poética encanta. você esculpe os versos com magia ao descrever tão belo e emocionante sentimento. Parabéns! Um domingo radiante e luminoso. Meu beijinho com carinho
    Gracita

    ResponderEliminar
  12. A beleza e encanto dos verdes anos num poema maeavilhoso.
    Boa semana meu amigo.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  13. VIM SÓ DEIXAR MEU BEIJO DE BOA NOITE!
    TE CUIDA ...QUE VELO POR TI...
    BJSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

    ResponderEliminar
  14. As palavras iludem, e quer saber!
    As vezes é melhor aceitá-las, e num momento de prazer, fazê-las serem mais forte que a razão, é deixar bater o coração, sem saber direito em qual situação acreditar.
    Como no primeiro amor vamos tentando buscar a inocência que nele há, para mais feliz ser a cada dia num novo recomeçar.

    Boa noite, que lindo poema, grande beijo!!!

    ResponderEliminar
  15. Adorei e está lá!Obrigadão,linda semana,chica

    ResponderEliminar
  16. Eduardo

    Mais uma vez, aconteu, depois de ler o teu comentário, verifiquei que a adicionan um vídeo, o post se repetiu, deletei o errado e o seu belissimo comentári, em forma de poema saiu também. Peço desculpa e lamento!
    Aqui o seu poema tem a qualidade com que habituou. Oa mais poemas também têm beleza a mais valia.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  17. Agradeço sua visita ao meu site e vindo de uma amiga especial como Gracita com certeza tem boa referencia
    Estou te seguindo, se desejar seguir o meu site, será bem acolhido.
    Uma segunda-feira de paz

    Abraços,
    RioSul

    ResponderEliminar
  18. mi bella dama … cabellos de sol ,
    en que pedazo del rompecabezas de mis lagrimas te perdí el rastro ?
    recuerdo tus pétalos únicos alejándose de mi ..
    esa suavidad inapelable que solo tiene tu ser ,
    de mis dedos estremecidos desbordaba la dulzura ,
    cayendo tres horas , muriendo en el aire al no tenerte cerca ,
    suicidándose en la tierra negra ,dejando el cráter abierto ,
    comprendiendo que nunca volvería a ti ...

    donde brillas ahora bella dama de ventanas verdes ?

    David del Prado.

    Maravillosas letras Eduardo, un placer leerte!


    ____________.♥.
    ____________.♥♫♥.____________.♥. *
    ____________.♥♫♥♫.______-.♥♫♥. *
    ____________.♥♫♥♫♥._-.♥♫♥♫. *
    _____________.♥♫♥♫♥♫♥♫♥♫♥. *
    ______-.♥♫♥♫♥♫♥♫♥♫♥♫♥. *
    _.♥♫♥♫♥♫♥♥♫♥♫♥♫♥♥♫♥♫♥. * . *
    ______-.♥♫♥♫♥♫♥♫♥♫♥♫♥. * . * . * ..
    ___________.♥♫♥♫♥♫♥♫♥♫♥. * . * . * ..
    ____________.♥♫♥♫♥._-.♫♥♫♥. * . *. * . * ..
    ____________.♫♥♫♥.______-.♥♫♥. * .* ..
    ____________.♥♫♥.____________.♥. * . *.
    _____________.♥

    ¡Abrazos miles, buen comienzo de semana!

    ResponderEliminar
  19. Uma bela noite pra ti meu amigo e uma excelente terça feira,,,abraços...

    ResponderEliminar
  20. OI EDU!
    LINDOS TEXTOS INTERLIGADOS PELA EMOÇÃO E BELEZA DOS VERSOS.
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderEliminar
  21. O mesmo vento que leva as traz de volta as emoções junto das estações...
    Lindo pensamento!! Lindo também o verso que me deixaste querido.
    Obrigadda

    Beijos e boa semana Edu!

    ResponderEliminar
  22. Querido amigo!
    Suas poesias me encantam.
    Concordo com a Severa, Tudo que escreves merece ser colocado em um livro...Pense nisso!
    Abraços! Tudo de bom pra ti.

    ResponderEliminar
  23. É muito bom ler você, entre suas emoções e rimas.
    Beijo

    ResponderEliminar
  24. Olá!Boa noite!
    Eduardo!
    Obrigado pelo carinho dedicado ao meu blog!
    Boa terça feira!Paz e inspiração!
    Abraços

    ResponderEliminar
  25. Mas, que emoções à flor da pele, caro Edumanes.

    Fico contente de te saber tão inspirado.

    Gosto muito.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  26. Há o verde do que vai amadurecer. Há o verde da natureza, pleno de beleza. Há o verde da pouca idade, que ainda vai se desenvolver... e o verde da esperança, que nos alimenta a cada dia. Bjs.

    ResponderEliminar
  27. Que lindeza de poemas e interações poéticas...ficaram sublimes!
    Beijinhos,
    Valéria
    * sempre me encanto com seu comentários poéticos, viu?

    ResponderEliminar
  28. Edu,quanto encantamento nessa poesia sobre o primeiro amor!Adorei seus versos e tb as participações!bjs e boa semana!

    ResponderEliminar
  29. Uma excelente noite pra ti meu amigo e uma ótima quarta feira...abraços...

    ResponderEliminar
  30. ...e o vento leva e, o vento trás...

    Boa quarta feira!
    Um grande abraço :)

    Sónia

    ResponderEliminar
  31. Lembrei-me que um dia essa mulher existiu em mim, sonhando apenas dançar entre as flores de um jardim. Parece que o vento passou, arrancou dela a esperança e aquela mulher com sonhos de criança somente acordou. Talvez já nem acredite mais no amor que um dia partiu e a abandonou. Nos lindos campos verdejantes, agora uma metade de mulher está a vagar, longe de um céu azul e distante do mar. Apenas caminha sem destino, sem planos, vivendo a cada dia sem o mundo olhar.

    ResponderEliminar
  32. Me alegra tanto passar por aqui e ver o sucesso do blog. A quantidade de comentários, a participação de todos, isso sim alegra meu coração, em saber que o que plantamos agora dá seus frutos. PARABÉNS. EDU E SEVERA por esse recanto.

    ResponderEliminar
  33. Olá querido amigo Edu!
    Venho cá prestigiar
    Este teu lindo dom de poetizar!
    Faz das palavras um jogo de rimas
    criando verdadeiras obras-primas
    A linda menina brejeira
    Um dia cresce e amadurece
    mas do primeiro amor
    ela nunca esquece!

    Ótima Quarta-feira
    Beijos
    Li Barbosa
    www.autoralibarbosa.blogspot.com

    ResponderEliminar

Oferecido por Cristi@ne

Image and video hosting by TinyPic"

Oferta de Sandra Veneziani

Image and video hosting by TinyPic"