domingo, 9 de agosto de 2015

"ILHA DO FAIAL-AÇORES"

Reinava o sossego,naquele lugar!
lá no fundo batendo no rochedo
de noite e de dia, as ondas do mar.
Porque desci aquele cerro,
antes tinha subido a descida
no meio do arvoredo
a esperança de verde vestida,
não vi o desejo desesperado
dos olhos no chão lágrimas caídas
não haviam em desespero,
na floresta, não no jardim
vejam atrás de mim
 as hortências floridas!
(Edumanes)

21 comentários:

  1. Linda poesia e fotos,Edu! abração, lindo domingo! chica

    ResponderEliminar
  2. Bela paisagem, lindo poema, amigo Eduardo. Um abração daqui do sul do Brasil. Tenhas uma ótima semana.

    ResponderEliminar
  3. Amigo poeta que bela poesia! Mais bela ainda a que depositastes com tanta sensibilidade no meu Blog.Agradeço a visita e a generosidade de compartilhar tua poesia.Encantei-me.Meu carinho especial poeta sonhador.Felicidades!

    ResponderEliminar
  4. Obrigada amigo poeta pela linda rima que me deixou lá no meu cantinho, é sempre um prazer receber a sua visita.
    Belo poema e paisagem da Ilha do Faial, uma bonita ilha do nosso Portugal.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. A saudade tão bem retratada neste lindo poema.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  6. Oh meu amigo Eduardo!
    Para este poema não tenho mais palavras: só estas duas dizem tudo.
    Simplesmente lindo. Mais uma vez os meus parabéns meu amigo.*
    Beijo com meu carinho!... josélia

    ResponderEliminar
  7. Boas lembranças amigo Edu, às vezes é bom lembrar de coisas boas que vivemos...

    Deixo um beijinho, e obrigada pela carinho visita!

    ResponderEliminar
  8. Oi Edu!

    Seus poemas são sempre lindos.

    Meu querido,obrigada pelo carinho da visita.

    Fica com Deus thá?

    ResponderEliminar
  9. ❤ه° ·.
    Doce lembrança!!!

    Bom sábado!
    °ه✿♫ Bom fim de semana!
    °ه✿ Beijinhos do Brasil.
    °ه✿✿ ♫° ·.

    ResponderEliminar
  10. Passei pra ver as novidades e agradecer a visitinha. Já estou seguindo seu blog.
    Parabéns pela poesia!

    Sempre que tiver novidade, deixe um recadinho lá no blog.
    beijinhos ;*
    http://noostillo.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  11. Boa noite, Eduardo.
    Belas lembranças, doce poesia,amigo.
    Sua sensibilidade sempre nos presenteando em graça e beleza!
    Tudo de bom,linda semana.
    Beijos na alma!

    ResponderEliminar
  12. Como eu gostava de visitar os Açores.

    Lindas paisagens!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Olá amigo, a saudade tão bem retratada neste lindo poema. Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  14. Lindo poema recordando também uma linda Ilha.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  15. Boa Tarde Padrinho.
    Tenho percebido sua ausência infelizmente também ando menos presente
    nas visitas devido ao desanimo causado pelo cansaço .
    Estou um pouco ausente sim por conta de tratamento mas venho me desanimando
    a algum tempo.
    Hoje já não é a mesma coisa de quando deixei meu primeiro blog para abrir "A Viagem."
    Tudo na vida passa e é assim que me sinto passada pelo tempo
    não abandonei tudo porque ainda tenho carinho e respeito .
    Um exemplo delas é você que em tempo algum fez diferença entre pessoas,
    no inicio enfrentei criticas pelo péssimo português.
    Hoje eu não sei mais nada sofro descriminação talvez seja por ter lutado tanto para unir a família blogueira.
    Hoje vejo tristemente como existe ingratidão até aqui nessa telinha poucos sabem viver em sociedade .
    Perdoe meu desabafo mas não me envergonho ,
    pois falo uma verdade que só cego não quer ver ou seja..De cego nada tem ,
    mas de maldade ah!!!! essa sim tem de montão.
    Um beijo carinhoso da sua antiga afilhada que sempre terá vc no coração.
    Evanir.

    ResponderEliminar
  16. Após passar um período de férias retorno para ler esta linda poesia.
    Agradeço sua visita ao meu blog.
    Um abraço,
    Élys.

    ResponderEliminar
  17. Oi Edu, andas sumido?

    Fica bem meu querido!

    ResponderEliminar
  18. Edumanes, poeta rimador!!!
    Escondestes??? para não doar me uma flor???
    Voltes logo..bem depressa.....meu amor!!!!
    beijinho e sorrisos brincalhões.
    veraportella

    ResponderEliminar
  19. Manda muitos aos milhões,
    nunca eu te direi que não
    tu apaixonas muitos corações
    qual dos dois o mais brincalhão?

    ResponderEliminar

Oferecido por Cristi@ne

Image and video hosting by TinyPic"

Oferta de Sandra Veneziani

Image and video hosting by TinyPic"