segunda-feira, 6 de abril de 2015

"NÃO MAIS IRÁ VOLTAR"

No Outono, as folhas amareladas!
caem das árvores envelhecendo
no chão por lá ficam espalhadas
misturas com a terra apodrecendo.

Como a juventude perdida no passado,
também ficou sem mais me acompanhar
com saudades, dela cada vez mais afastado
estou convencido que não mais irá voltar.

Porque nada mais há a fazer,
nesse sentido, para a recuperar
as árvores tanto gosto de as ver
verdes, de dia ou de noite ao luar!
(Edumanes)

12 comentários:

  1. Oi Eduardo,as folhas ainda renascerão mas a juventude,jamais irá voltar.
    Lindos versos.
    bjs e um ótimo inicio de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  2. As árvores renascem e a juventude deve ser preservada, acreditando-se sempre que se é jóvem.
    Um abraçoe uma boa semana,
    Élys.

    ResponderEliminar
  3. Oi Eduardo
    As árvores renascerão e nossa juventude dever estar preservada em nosso coração e claro na nossa cabeça
    Um coração jovem sempre conseguirá ver as belezas da vida
    Um poema belíssimo
    Beijos com carinho meu amigo

    ResponderEliminar
  4. Amigo Edu!
    Você é um menino ainda, rs
    Um jovem de coração!
    Amo essa estação O outono!
    É uma estação muito agradável.

    Amei ler-te amigo do meu coração!

    Beijo!

    ResponderEliminar
  5. Caro Eduardo

    Morrem folhas no Outono, para darem vida a novas, na Primavera.
    A verdura se renova, dando a sua lição de vida.
    Assim a saibamos aproveitar.
    Grande abraço

    ResponderEliminar
  6. É, amigo Eduardo!
    As árvores sempre se renovam...
    já por nós o tempo passa e tudo leva.
    Tudo o que tivemos hoje não volta mais.
    Beijo com carinho fraterno meu amigo.

    Josélia

    ResponderEliminar
  7. Poeta, muito lindas suas publicações e seus versos. O outono também passa inspirações que deixam a alma enlevada
    Abraços poéticos.

    ResponderEliminar
  8. ♭♫ه° ·.
    As folhas que caem formam um maravilhoso tapete. As árvores adquirirão novas folhas como nossa vida novas experiências cada vez mais construtivas.

    Bom fim de semana!
    Beijinhos.
    ه°·✿
    ·.ه✿✿ミ

    ResponderEliminar
  9. A gente se alegra ao olhar pra trás e ver quanto de bom a vida nos deu, o tempo nos faz crer que vale a pena viver, a vida não é um mar de rosas, mas sempre queremos estar vivos pra aproveitar cada instante em busca da felicidade, boa tarde amigo!

    ResponderEliminar
  10. Olá, Eduardo!

    Agradeço a sua visita e comentário.

    Bonito poema, onde se nota alguma nostalgia, mas, o ano também quatro estações.

    Saudações.

    ResponderEliminar
  11. O tempo é dono de tanta coisa.

    Um poema quase triste.

    A primavera está aí ou será que te mudaste para o Hemisfério Sul?


    Beijinhos

    P.S. Já tinha muitas saudades daqui.

    ResponderEliminar

Oferecido por Cristi@ne

Image and video hosting by TinyPic"

Oferta de Sandra Veneziani

Image and video hosting by TinyPic"