quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

"A MENINA E O POETA!"

Um conto e forma de poema
se encontraram no paraíso
naquele momento em que se manifesta
o desejo da paixão sem enguiço...
A MENINA E O POETA
nos seus braços prisioneira,
seu corpo elegante...desejoso a tremer,
como verde raminho de oliveira...
do vento que passa o faz mexer,
numa íntima feliz brincadeira
as flores murchas se abriram,
no ar a fresca brisa passageira.
borboletas a voar sorriram...
Tinha deixado os sapatinhos dela
cheios de carinho e amizade, 
juntos de uma flor amarela
no jardim, do desejo e da vontade
A MENINA E O POETA
um pelo outro se apaixonaram,
num baile muito animado, em dia de festa
seus corpos juntinhos, toda a noite bailaram
depois de um beijo dado nos lábios dela,
a data do casamento marcaram
de viagem num barco à vela
para sempre unidos ficaram!
(Eduardo Maria Nunes)

domingo, 27 de janeiro de 2013

"RUAS ESTREITAS!"

Noites escuras...altas, no céu, estão
as estrelas brilhantes...para a terra iluminar
da amarga ansiedade...que magoa o coração
destruidora tempestade...muita gente castigar.
Correm veloz, nuvens, arrastadas pelo vento,
de cuja a saudade...lembranças enriquece
do passado permanecem, no pensamento.
Se alguém perde o amor...dele nunca se esquece,
a andar na cidade como quem anda no campo
de noite pelas ruas estreitas pouco iluminadas,
tristeza nos rostos sem amor...a qualquer canto
disfarçados sorrisos...dos olhos correm lágrimas,
como se encontra num jardim...a planta não florida,
alegria no rosto de alguém...lindos olhos a brilhar
esperando o nascer do sol...da madrugada fria,
ao romper da aurora...os passarinhos a cantar!
(Eduardo Maria Nunes)
Gracita diz:
Pelas ruas estreitas e tristes
O jardineiro poeta perambulou
Muitas pessoas encontrou
Viu em seus tristes rostos
Grossas lágrimas caírem
Nos lábios um sorriso estéreo
Como numa nuvem diáfana
A esconder a triste verdade
A falta do seu amor.

O coração machucado
Pela falta de amor
Não percebeu a singeleza
Daquela exuberante flor
Colhida com ternura
No jardim do amor.

Lá se foi o poeta trovador
Fazendo versos na madrugada fria
À espera do nascer do dia
Para acalentar aquela dor
Tendo por companhia
A bela sinfonia
Produzida pelo canto
dos passarinhos.
http://gracitamensagens.blogspot.pt/

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

"ESTRELA BRILHANTE!"

(Imagem Google)
Estrela Brilhante,
no céu uma estrela a brilhar,
na terra sem luz escuridão
dentro do peito a bailar
com música no coração...
Para acalmar os desejos
encontrar amor ser a solução,
com carinho, abraços e beijos.
Caiem lágrimas no chão,
dos olhos lindos cheios,
de tanta alegria e emoção,
pelas faces a correr...vão cair,
na terra, formam rios de paixão
regam plantas que fazem florir, 
nas roseiras...rosas em botão.
Dois seres, apaixonados, a sorrir,
feliz momento, encontro ao acaso
no Jardim dos Namorados...
num olhar, sinceros, apaixonado
pela estrela brilhante iluminados!
(Eduardo Maria Nunes)
Gracita diz:
O grande jardineiro poeta
Sempre bem humorado
Magistralmente poetou
Esbanjando sensualidade
Estes belos versos criou.

No jardim dos namorados
Dois eternos apaixonados
Trocam juras de amor
Emoldurados pelo brilho
Fulgurante de uma estrela.
http://gracitamensagens.blogspot.pt/
Simone Prado diz:
Quisera eu essa estrela
pra mim também brilhar,
clarear um beijo quando o amor chegar.
Vem estrela brilhante
vem em minha vida brilhar
por um instante,
trazendo encantamento
nesse vazio feito tormento.
Vem estrela alegria,
traz pra mim o grande tesouro,
que clareie minha mente explodindo
em cores.
 Vamos estrelinha juntas festejar,
correndo entre as nuvens
pra nunca mais apagar.
http://monsoresprado.blogspot.pt/

domingo, 20 de janeiro de 2013

!DESEJO E AVENTURA!"

Selinho, gentilmente, oferecido por Gracita.
http://gracitamensagens.blogspot.pt/
No imenso espaço da blogosfera
há carinho, amizade e ternura
nas nuvens entre o céu e a terra
no solo um manto de verdura,
de dia iluminado pelo sol,
durante a noite pelas estrelas e pela lua,
no campo o verde e amarelo girassol.
Na terra lavrada com a charrua,
 no espaço, da blogosfera, infinito
 simpatia, amor sincero e beleza.
este selinho me foi oferecido
Gracita, obrigado pela sua gentileza.
Na primavera, o campo colorido
com as cores da natureza,
a seguir chega o verão
com o sol mais aquecido
na  praia se encontrarão
 nas ondas uma feliz aventura
 pelo desejo foi atraído
 da beleza quase nua!
Amigas e amigos seguidores do 
rimabloguetedouuflor.blogspot.com 
Fica este selinho
à vossa inteira disposição
leve-o para o seu cantinho
se o desejar, em sua mão,
guarde-o juntinho
num cantinho que existe
junto ao seu coração
para nunca mais viver triste!
(Eduardo Maria Nunes)

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

!EMIGRANTES...PASSARINHOS!"

Da planície Alentejana
para aqui chegar
segui pela estrada da esperança
de terra batida...noite e dia a caminhar.
Linda paisagem circundante
ao longo da mesma se via,
colorida...na terra verdejante
da água que sobre ela caia.
Com o calor do sol...na primavera,
plantas vestidas de verdes ramos
com a natureza que é tão bela.
Neles constroem  os seus ninhos
a voar chegam aos bandos
emigrantes...passarinhos.
As cearas espigadas 
começam a alourar 
nas tarde acaloradas 
para o verão a transitar, 
as ceifeiras debulhadoras 
prontas para avançar,
máquinas modernizadas,
para o grão da palha separar
saudável...acolhedora
no campo cedo se levantar.
Vida diferente de outrora,
para ir trabalhar
ao romper da aurora,
amor e felicidade encontrar
na aldeia onde mora!
(Eduardo Maria Nunes)
Gracita diz:
O poeta jardineiro
Lindamente poetou
Com a alma e o coração
Belas memórias recordou.

O pensamento livre e desnudo
Por recantos bucólicos passeou
Campos, paisagens,
Flores e passarinhos
Gravados na retina
Ele visualizou.

No peito uma saudade
De um tempo que
Não volta mais
E hoje a cismar sozinho
Versejou com muito carinho
A emigração dos passarinhos.
http://gracitamensagens.blogspot.pt/
Nádia Santos diz:
Lembrou.me os tempos de criança
quando murei no interior,
muita paz, alegria e bonança,
tempo de inocência e muito amor.
No final do dia a tardinha
ficava olhando o por-do-sol,
os pássaros enfeitavam o céu,
rasgando o lindo arrebol.
http://poesiasesonetos.blogspot.pt/

sábado, 12 de janeiro de 2013

"NO CAMINHO DA SAUDADE!"

No caminho da saudade
encontrei uma linda flor
com perfume e humidade
ao frio, esperando o calor...
No campo a lavrar a terra
andava o agricultor,
na aldeia havia festa
com fanfarra e tambor,
no caminho da saudade 
ao encontro do amor,
em troca da sincera amizade
recebeu uma linda flor,
continuando a caminhar
perguntei ao orador...
onde poderia encontrar
 para em paz viver,
neste mundo um lugar...
Não soube responder
estava a escrever um poema
que disse também não saber
o trovador, sem amor é pena
lugar tranquilo não conhecer!
(Eduardo Maria Nunes)
Sônia Amorim diz:
No caminho da saudade,
flores e versos encontrei,
um amigo ali ganhei,
pra compor os seus poemas
junto dessa pequena que também
brinda de poeta, sem amor não há caminho,
sem amor não há destino, sem amor
 parado ficara, todos os gestos de carinho,
no caminho da saudade, esta guardado
lembranças de felicidade, sentimentos
 de um sonhador, em uma vida
 inteira plantou e colheu o amor!
http://escritorauniversoparalelo.blogspot.pt/
Gracita diz:
Numa linda trilha florida
Um jardineiro poeta encontrei
Falando da eterna saudade
Que sentia de tua linda flor

Não se entristeças poeta
Tua flor jamais o abandonará
Pelos teus versos foi atraída
E neste encantado jardim
Veio para com você ficar

Pode cessar a andança
Não é preciso mais procurar
E a linda flor veia para
Com tua saudade acabar.
http://gracitamensagens.blogspot.pt/
Simone Prado diz:
Nesse caminho embora
meio perdido a procurar,
estava também a saudade a te aquietar.
Andando como a vaguear,
talvez se sentisse sozinho
procurando se encontrar.
SAUDADE dor infinita que parece
o peito rasgar, faz os passos ficarem
indecisos em qual direcção tomar.
Quem sabe um dia, quando o amor
o peito vier a preencher,
talvez a saudade bambida
venho de fato a morrer.
Em seu lugar preencha a alegria
trazendo o sorriso a cantar,
vai embora SAUDADE,
pra nunca mais voltar.
http://monsoresprado.blogspot.pt/

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

"LEIA SEMPRE!"

Selo Literário 2013-vamos ler?
Leitura um grande prazer.
O Selo Literário 2013 leia sempre
Foi criado pela blogueira Érica Bosi.
http://www.leiasempre.com/2013/lançamento-do-selo2013-literário.html
Oferecido pela Gracita, ao
Rima blog eu te dou uma flor,
o qual, imensamente, agradeço, motivo pelo qual
aqui a ser divulgada a sua personalização continua.
http://gracitamensagens.blogspot.pt/
Junto do teu selinho
uma prenda trazia
Gracita, é o teu carinho
que recebi neste dia.
É sempre um prazer
escrever e sentir a felicidade
de quem se gosta receber
o  Selinho Literárrio e amizade.
Perfumado de beleza e realidade
perfume extraído de uma flor
repleto de carinho e sinceridade
vindo do jardim do amor.
Tem as cores da natureza
dos teus lindos olhos verdes
de elegante formação e gentileza
muito amor e carinho mereces.
O que mais te poderei dizer
a escrever, estava eu a imaginar
com este simples poema te agradecer
um beijo e um abraço sinceros te enviar.
Para a sua divulgação
de quem o quiser levar
está à vossa disposição
desculpa as regras não respeitar.
Com maldade não o fiz
é preciso saber amar
para sempre se ser feliz!...
(Eduardo Maria Nunes)

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

"ANO NOVO, VIDA NOVA!"

Chegou o novo ano,
o optimismo continua
lento num aeroplano
iluminado pela Lua...
Quando o Sol nasceu,
toda a terra iluminou...
A lua entristeceu?
E a incerteza ficou!
Continuando a caminhar,
para onde não sei...
antes de lá chegar
aqui na terra continuarei?
Como agricultor ou jardineiro
pelas flores apaixonado,
não oficial, mas cavalheiro.
Ano novo...vida nova,
continuam as esperanças
não fui o primeiro
nem ganhei na aposta.
Vou tentar novamente, 
estou chegando agora
para ver a sorrir toda a gente!
(Eduardo Maria Nunes)

Oferecido por Cristi@ne

Image and video hosting by TinyPic"

Oferta de Sandra Veneziani

Image and video hosting by TinyPic"