domingo, 27 de janeiro de 2013

"RUAS ESTREITAS!"

Noites escuras...altas, no céu, estão
as estrelas brilhantes...para a terra iluminar
da amarga ansiedade...que magoa o coração
destruidora tempestade...muita gente castigar.
Correm veloz, nuvens, arrastadas pelo vento,
de cuja a saudade...lembranças enriquece
do passado permanecem, no pensamento.
Se alguém perde o amor...dele nunca se esquece,
a andar na cidade como quem anda no campo
de noite pelas ruas estreitas pouco iluminadas,
tristeza nos rostos sem amor...a qualquer canto
disfarçados sorrisos...dos olhos correm lágrimas,
como se encontra num jardim...a planta não florida,
alegria no rosto de alguém...lindos olhos a brilhar
esperando o nascer do sol...da madrugada fria,
ao romper da aurora...os passarinhos a cantar!
(Eduardo Maria Nunes)
Gracita diz:
Pelas ruas estreitas e tristes
O jardineiro poeta perambulou
Muitas pessoas encontrou
Viu em seus tristes rostos
Grossas lágrimas caírem
Nos lábios um sorriso estéreo
Como numa nuvem diáfana
A esconder a triste verdade
A falta do seu amor.

O coração machucado
Pela falta de amor
Não percebeu a singeleza
Daquela exuberante flor
Colhida com ternura
No jardim do amor.

Lá se foi o poeta trovador
Fazendo versos na madrugada fria
À espera do nascer do dia
Para acalentar aquela dor
Tendo por companhia
A bela sinfonia
Produzida pelo canto
dos passarinhos.
http://gracitamensagens.blogspot.pt/

25 comentários:

  1. Que bonita poesia...


    Resto de bom domingo.

    Ana

    ResponderEliminar
  2. Olá Eduardo, meu amigo poeta!


    Pelas ruas estreitas e tristes
    O jardineiro poeta perambulou
    Muitas pessoas encontrou
    Viu em seus tristes rostos
    Grossas lágrimas caírem
    Nos lábios um sorriso etéreo
    Como uma nuvem diáfana
    A esconder a triste verdade
    A falta do seu amor

    O coração machucado
    Pela falta de amor
    Não percebeu a singeleza
    Daquela exuberante flor
    Colhida com ternura
    No jardim do amor

    Lá se foi o poeta trovador
    Fazendo versos na madrugada fria
    À espera do nascer do dia
    Para acalentar aquela dor
    Tendo por companhia
    A bela sinfonia
    Produzida pelo canto
    Dos passarinhos.

    Um ótimo restinho de domingo.
    Beijinhos com meu carinho
    Gracita

    ResponderEliminar
  3. Oi Eduardo.
    Tá rolando uma gincana super legal lá no "Ô Trocyn Bão"
    Estou participando com um poema bem estiloso numa linguagem do caipira mineiro. E estou pedindo seu voto. Acesse o link: http://www.riosul2012.com/2013/01/gracita-chegada-do-mineirim-no-o-trocyn.html
    Meu muito obrigada! Beijinhos no coração!
    Gracita

    Ps O poema está no meu blog, mas para votar tem que que acessar o link do blog do Thiago que está abaixo do poema.

    ResponderEliminar
  4. Boa noite Eduardo!!!Agradecer sua viista,que sempre me enche de alegrias.Sempre deixando rimas em meu blog.Ah!!Grande poeta de Alantejo.Lindo seu poema e da poetiza Gracita.
    Beijos com carinho!!!

    ResponderEliminar
  5. Olá Eduardo.
    Linda e emocionante poesia,parabéns.
    Uma maravilhosa semana, beijinhos!!!

    ResponderEliminar
  6. Muito belo meu amigo,,,noites que nos trazem sentimentos e pensamentos vivos guardados na alma...abraços de bom dia.

    ResponderEliminar
  7. Ruas estreitas e poéticas!

    Lindo,parabens!

    Beijos

    ResponderEliminar
  8. Por vezes o tempo é reflexo do nosso humor.
    Que esse céu se limpe e mostre o Sol ou as estrelas.

    As nuvens são passageiras.
    basta soprar com força e...puff...desaparecem.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  9. As lembranças estão sempre perto, de alguma forma.Parabéns.

    ResponderEliminar
  10. E sempre brilha dentro de mim uma alegria imensurável ao ler as belas poesias...
    Parabéns Edu!!!
    Tenha dias felizes...
    Abraços da Bia!!!

    ResponderEliminar
  11. Meu amigo

    Vim agradecer o miminho dos parabéns..

    foi um dia de temporal terrível eu não merecia um dia assim..
    deixo poesia para ti...
    O tempo


    Vou sacudir o tempo...
    Vou sacudir o vento...
    Que me leva os pensamentos...
    E em troca nada me dá...

    Vou sacudir o tempo...
    Vou fazer uma aliança...
    Vou deixar que me leve...
    E continuar a ter Esperança......

    E depois desta aliança...
    Ou deste contrato falado...
    Eu acredito que ele é verdade...
    E vai cumprir o tratado...


    Lili Laranjo

    ResponderEliminar
  12. Olá Edu
    Palavras certas, no lugar certo.
    Lindo!
    Parabéns
    Beijos da Sol

    ResponderEliminar
  13. Boa noite amigo, como está tudo por aí?

    Linda poesia, parabéns!

    Ah! Passei também para agradecer sua visita e desejar uma ótima semana!!!

    Abraços
    Thiago
    RioSul

    ResponderEliminar
  14. Жалко их всех. [url=http://profvesti.ru/o-maloetazhnom-stroitelstve/114-tekhnologii-maloetazhnogo-stroitelstva.html]строительный портал волгоград[/url]

    ResponderEliminar
  15. Obrigada Edu, pelo carino.Desejo a vc uma linda semana!
    Obrigada pela visita.

    ResponderEliminar
  16. Oi meu Poeta preferido! Como estas? Espero que estejas muito bem. Que bom poder vim lhe visitar e ler os seus escritos. Desejo-te uma linda tarde.
    E hoje venho lhe propor um pequeno desafio,e imagino que você será capaz de realizá-lo.O meu pedido é que você faça uma postagem, escrevendo uma poesia que tenha por titulo: A menina e o Poeta, o que vc acha, topas? Bem eu gostaria de ver uma poesia sua com esse titulo, eu essa semana escrevi um conto com esse titulo e espero postá-lo em breve. O que você acha Edu? Beijos desta tua amiga.

    ResponderEliminar
  17. Oi vim agradecer pela sua visita,seja sempre bem vindo!!!Lindo seu blog...abraço!

    ResponderEliminar
  18. MEU AMIGO MAIS QUE QUERIDO !!!!!
    MEU INDIOZINHO AMADO !!!!!
    POEMA LEVE E ENCANTADOR COMO TUDO QUE ESCREVES...NA INSPIRAÇÃO PARECE UM JARDIM COM TODAS AS FLORES A SER COLHIDAS ...
    BJS DA AMIGA MARUJA !!!!!!

    ResponderEliminar
  19. Olá!Boa noite!
    Eduardo, meu amigo!
    Perder a pessoa que amamos causa dor insuportável. A vida parece inteiramente vazia é sem sentido. Tudo perde o sentido, parece impossível superar o sofrimento é voltar a sentir prazer em viver. Tudo, ao nosso redor, lembra a pessoa amada. Mas, um novo amanhecer virá e o Sol voltará a brilhar.
    Bela quarta feira!
    Abraços

    ResponderEliminar
  20. Boa noite amigo!
    Vim agradecer sua visita e dizer que amo o jeito como escreve. Estou encantada. Apareça sempre para deixar estes recadinhos maravilhosos. Abraços!

    ResponderEliminar
  21. Adoro o canto dos pássaros
    Principalmente aqueles que nos encantam em um amanhecer.Um lindo final de semana à você amigo Edú.


    Bjs
    Carmen Lúcia


    ResponderEliminar
  22. "E nas ruas estreitas,
    ruelas bem iluminadas,
    a poetisa caminha em
    sentido contrário a
    beleza das sombras que
    as grandes ruas não iluminara!"

    Oi...Abraços carinhosos

    ResponderEliminar

Oferecido por Cristi@ne

Image and video hosting by TinyPic"

Oferta de Sandra Veneziani

Image and video hosting by TinyPic"