quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

"CADA TOLO COM A SUA MANIA"

"Cada tolo com sua mania"
Não sei por quanto tempo irei ficar
Teimar, problemas não resolveria
Não acredito sem asas poder voar
Penso ter chegado onde deveria.

Neste mundo a vaguear...
Desconhecendo qual o destino
 Para no obstáculo não tropeçar
Tento não perder o tino.

Como era recordando...
No meu tempo de menino
Até fico triste me lembrando
Como será o fim do destino!

Os soberbos fazem a guerra.
 Desconhecendo o resultado
Porque tudo nasce da terra
Em terra será transformado!
(Eduardo Maria Nunes)

15 comentários:

  1. ¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•

    Meu agradecimento pelos carinhos todos nesse ano e desejos de FELIZ NATAL e lindo, iluminado e com muita garra 2014 ! beijos,chica

    ¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•

    ResponderEliminar
  2. Oi,Edu!
    Amei o poema!
    Vim desejar um Feliz Natal, agradecer por sua amizade e fidelidade nesse ano de 2013 e
    um 2014 com paz,alegrias, forças,...
    Beijos da amiga,Soninha.

    ResponderEliminar
  3. Otimismo,nos leva a resolvermos grandes problemas.
    Nunca desamine,o que parece perdido,um dia será encontrado.
    bjs amigo Edú.
    Carmen Lúcia-mamymilu

    ResponderEliminar
  4. Ninguém sabe nada, muito menos o tempo que fica.

    Sinto uma certa melancolia, tristeza, até.

    beijinhos e ânimo em alta.

    ResponderEliminar
  5. Muito bonito

    Adorei ler

    Deixo abraço
    *************
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Gostei de ler suas rimas amigo !
    Obrigada pelas carinhosas visitas !

    Beijos em seu coração da sua amiga Fernanda Oliveira

    ResponderEliminar
  7. Isso ai, amigo Eduardo, do pó saímos ao pó retornaremos.
    Um abraço daqui do sul do Brasil.

    ResponderEliminar
  8. Olá meu querido amigo
    A única verdade irrefutável do pó viemos e a ele retornaremos. Lindos versos mas bastante nostálgicos meu amigo.
    Uma boa noite e lindos sonhos
    Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  9. Vaguear pelo terra, ar... é a vida incerta que nos leva pelo destino...

    Beijos Edu!

    ResponderEliminar
  10. Amei o que li, inteligente ao mesmo tempo uma doce verdade.
    Beijos
    Sol

    ResponderEliminar
  11. Gostei do título, quem não tem manias? Aproveito a visita para desejar Feliz Natal e Próspero Ano Novo! Um abraço, Yayá.

    ResponderEliminar
  12. Olá querido amigo poeta.
    Agradecendo o carinho da visita e palavras tão carinhosas em meu blog.

    Não podemos perder o ritmo da vida mesmo tendo em nosso caminho pessoas que não enxergam as coisas como a gente.O mundo não esta podre e sim o pensamento de certos indivíduos.
    Não desanime se você encontrar alguém assim em seu caminho, frutas podres a gente joga no quintal e até que dão ótimos estercos...
    Simples assim...
    É sempre uma alegria tê-lo em meu cantinho.
    Um carinho.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  13. Preciosas letras Eduardo!
    Te deseo una hermosa noche,abrazos miles!

    ResponderEliminar
  14. Gostei demais do final"...Porque tudo nasce da terra em terra será transformado." Que se possa refletir mais sobre este nosso comum destino e que possamos enquanto é tempo mudar nosso comportamento diante do nosso semelhante.Abraços querido poeta,desejando também feliz natal e ano novo também pra ti junto aos teus,

    ResponderEliminar
  15. Querido Eduardo...vamos antes perder-nos na descoberta do caminho, viver o que houver para viver...sem pensar se ou como vai acabar...???
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar

Oferecido por Cristi@ne

Image and video hosting by TinyPic"

Oferta de Sandra Veneziani

Image and video hosting by TinyPic"