quinta-feira, 26 de novembro de 2015

"TANGANHO"

Das rosas caem as pétalas,
dos olhos caem lágrimas no chão
brancas, vermelhas e amarelas
todas elas bonitas são.

Com amor se constrói,
a dor dói, chorar faz ranho
da árvore cai o tanganho
a tempestade destrói.

As portas faz ranger,
pelas brechas assobiar
 no jardim, as flores abanar
transparente, não se ver
noite e dia sem parar
o vento passa a correr!
(Edumanes?

terça-feira, 10 de novembro de 2015

"NOUTRO JARDIM"

Perguntei a rosa despetalada!
quem foi que, assim, a despetalou
disse, foi aquela vida desgraçada
no jardim abandonada me deixou.

Perguntei, e o jardineiro deixou?
Respondeu, foi ele que fugiu com ela
o perfume das minhas pétalas levou
para o dar a uma rosa amarela.

 Desgostosa me deixou a chorar,
nunca mais quis voltar para mim
talvez, outra rosa para desfolhar
tenha encontrado noutro jardim?
(Edumanes)

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

"VAI E VOLTA SEMPRE"

Com o amor sossegado!
dentro do peito feliz coração
o sol não desaparece por acaso
no entardecer dos dias de verão.

No inverno todo o dia agachado,
atrás das nuvens não se deixa ver
neste mundo de beleza enfeitado
outro melhor não deve haver?

O sol vai e volta sempre!
para nos iluminar no novo dia
quem tristeza no coração sente
no rosto não terá alegria?

Fui colher essa rosa,
por não ser medroso,
 ao romper da aurora
em terreno argiloso!

Para com o seu perfume,
 os seus visitantes perfumar
chegam e partem sem queixume
com saudades de voltar...
(Edumanes)

Oferecido por Cristi@ne

Image and video hosting by TinyPic"

Oferta de Sandra Veneziani

Image and video hosting by TinyPic"