segunda-feira, 25 de março de 2013

"OS DESEJOS DA VIDA!"

Os desejos da vida...
bem preciosa a felicidade
dentro do peito, ela, habita,
com o coração, em liberdade,
se a planta permanece florida,
 e, no jardim, perfumada a flor
no campo, paisagem colorida
com sincera amizade, o amor,
o encontra quem nele acredita...
 Que não é produdo negociável
pela infelicidade perturbado
por causa do ciume, instável,
se por interesse conquistado
caminhar é difícil, e não fácil,
por caminhos desencontrados
para encontrar o que procura 
a tropeçar nos obstáculos...
 Sem luar, na noite escura,
por caminhos esburacados
só numa louca aventura
poderão ser encontrados.
(Eduardo Maria Nunes)

sexta-feira, 22 de março de 2013

" O REGRESSO!"

Nas claras águas, mergulhei
 do Lago Niassa
 numa faneca tropecei
 na montanha a bicharada
em divertida festa encontrei 
para onde fui a seguir...
 A correr vi uma gazela
daquela festa a fugir,
 não sei para onde iria ela
não vi jacaré nem crocodilo...
Continuei com esperança e fé
quando fui beber água ao rio
no caminho para o Cobué,
em Janeiro, não em Junho
num dia de chuva intensa
acampei junto ao Rio Lunho
 abrigo, precária, uma tenda...
Voltei ao ponto de partida
 no mês de Março, bem sei
antes da primavera florida,
em Lisboa desembarquei...
Depois do dever cumprido
 à minha aldeia regressei
andavam a mondar o trigo
quando passei de bicicleta
as moças cumprimentei!
(Eduardo Maria Nunes)

quarta-feira, 20 de março de 2013

" DIA DO BLOGUEIRO 20 DE MARÇO!"

O teu mimo fui buscar
Obrigado Gracita
Para aos primeiros dois juntar
Que coisinha tão bonita
Três lindos selinhos
  Referentes, ao dia do Blogueiro
São carinhos...
Oferecidos, o primeiro
Está no meio, por Nadjinha
Segundo por Cris, e o terceiro
Por Gracita,
Agradeço do coração
Das três para o Eduardo,
Os recebi na minha mão...
Neste ano de 2013, dia 20 de Março.
Bom dia blogueiras e blogueiros
Caminhamos de mãos dadas
Companheiras e companheiros
Nossas longas caminhadas...
Pelo, maravilhoso, mundo virtual,
Feliz dia para ti, e para mim, blogueiro
Desejo eu aqui de Portugal,
Quem parte deixa saudades
Procurando amizades
Quem fica saudades tem
Para todas/os muitas felicidades
Eduardo.

segunda-feira, 18 de março de 2013

"O CALOR QUE O CORPO SENTE!"

 Faz ao peito que não sente,
 sentir, as batidas do coração
verdadeiro amor tão docemente
liberta-o da falsa tentação.

Na imensidão da pradaria
nascem as flores, em liberdade
nos corações, amizade e alegria
arte milagrosa da felicidade.
alegres campos, paisagem colorida
 das inúmeras papoilas em flor.

O calor que o corpo sente
do sol, quente, abrasador
alegria no rosto da gente
não arde, não é fogo é amor.

A verde floresta no monte
 água fresca da nascente
pura a correr para a fonte
de dia e noite transparente!
(Eduardo Maria Nunes)

sexta-feira, 15 de março de 2013

"NASCE O SOL E A ESPERANÇA!"

Vi, num rosto lindo,
lindos olhos me olhar
parecia estar ouvindo
uma voz por mim chamar.
Quando a vista mal alcança
as estrelas no céu a cintilar
nasce o sol e a esperança
e o amor de noite ao luar.
Tremo quando pressinto
 se mais próximo, bastava
se não é amor que sinto
 sonhei que abraçava beijava!
 Espalha no rosto uma luz santa,
 nasce o sol, para a terra iluminar
até encontrar, essa, beleza tanta
a dormir, continuarei a sonhar!
(Eduardo Maria Nunes)

segunda-feira, 11 de março de 2013

"DE FLOR EM FLOR!"

Cantava o rouxinol
o vizinho, Gaio, respondia
 de ervas se alimentava o Caracol
no horizonte, o Sol a brilhar nascia.
A saltitar, de contente o gafanhoto 
tinha sido nomeado investigador,
o Sapo de lágrimas no olho
porque estava muito calor
 na erva fresca da valeta
escondido o rato roedor.
 Apareceu a borboleta
a voar de flor em flor
 logo foi incomodada
pelo insecto voador.
O Grilo a comer trevo
debaixo do rosmaninho
de barriga cheia com medo
 se escondeu no buraquinho!
(Eduardo Maria Nunes)

sexta-feira, 8 de março de 2013

"DIA INTERNACIONAL DA MULHER!"

És filha, mãe e Mulher
tu que lutas para vencer
cantas, sorris e choras
 vês dos olhos teus lágrimas correr
caídas na terra fria...
Regam as ruizes da esperança
e das plantas a crescer
de verdes folhas vestidas, 
floridas e perfumadas...
Tu que és física e sexualmente explorada,
contra a tua vontade mulher,
não prescindas dos teus direitos,
não fiques parada, grita
não tenhas medo
tua voz será ouvida...
Sai do degredo,
não continues escondida,
não sejas prisioneira de falso amor.
Tu que és flor
da semente nascida
 dás continuidade à vida, 
que partes, tristemente,
para sempre continuas viva
no coração da gente Mulher!
(Eduardo Maria Nunes)

terça-feira, 5 de março de 2013

"RIO TEJO!"

Não adianta ficar triste,
de tudo a vida tem mais valor
por que sabe que ele existe
como na planta nasce a flor.
Vai para a cama a pensar
sabe como tudo resolver
passa as noites a sonhar
e os dias sem o ver!...
Anda por ai a correr
tropeça ali, tropeça acolá
sem amor não é fácil se viver
em todo o lado ele está.
Tudo tem princípio e fim
não vive desesperado
espera por ele no jardim,
 onde poderá ser encontrado.
Preocupado a pensar sim,
veio do Alentejo,
passou por Alvalade do Sado
não anda, perdido nem, à toa
todos os dias vê o Rio Tejo
próximo de Lisboa!
(Eduardo Maria Nunes)

sábado, 2 de março de 2013

"PRECIPITAÇÃO!"

Precipitação
não se escolhe...acontece,
nasce na fonte da paixão
produz energia e aquece
para não causar o apagão
cuidados a ter em conta.
Deve a chave da ingnição
para introduzir na ranhura
 estar sempre pronta...
Para não ficar a noite escura,
 cautela, evitar o curto circuito, 
manter o cabo bem protegido
para que não haja interrupção
da fonte produtora de calor
 conduzido ao corpo aquecido.
   Na perfeita união do amor,
tenha sem escolha acontecido
de livre vontade tem mais valor
o amor acontece, não se conquista,
que não sirva a penas de simples pista
para aterrar o aventureiro conquistador
(Eduardo Maria Nunes)

Oferecido por Cristi@ne

Image and video hosting by TinyPic"

Oferta de Sandra Veneziani

Image and video hosting by TinyPic"