quarta-feira, 28 de novembro de 2012

!FLORES, PERFUME E BELEZA!"

Nascido na primavera
cresciam no campo as verdes searas
para alguns a vida era bela
para outros as esperanças eram amargas.
Com muitos sacrifícios se venceu...
os vários obstáculos encontrados pelo caminho,
o sol, para todos nasce...e sempre nasceu
para se encontrar, a felicidade, o amor e o carinho
quem a esperança e a fé perdeu...
para vencer, não teve coragem nem vontade
para se alcançar o que se deseja...
trabalhar, construir e viver em liberdade...
Como no jardim a planta,...na planta uma flor
na flor o perfume...na mulher a beleza,
no corpo elegância...no coração amor
nos seus lábios....desejado sorriso
desejando outros lábios beijar
nos seus olhos brilhantes, feitiço
procurando amor verdadeiro encontrar
no jardim a flor desabrochada continua
na planta florida e perfumada....
com esperança e fé na noite escura
pelas estrelas iluminada
no céu brilhantes....
no campo a natureza colorida
as estrelas da terra, distantes
 na primavera, a planta florida!
(Eduardo Maria Nunes)

domingo, 25 de novembro de 2012

"UM PRESENTE LINDO!"

http://lereaprendersorrindo.pt/
Este presente lindo
recebi perfumado
do blog, Aprender Sorrindo
Gracita, obrigado
pela sua gentileza.
Numa caixinha guardado
com o carimbo da pureza
perfume de uma flor
embalado com certeza.
Um passarinho voador
com as cores da natureza
vindo desse jardim
trazia carinho e amor
neste lindo presente
de você para mim!

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

"NEGROS CABELOS!"

Sonhei nadar
nas ondas agitadas... no corpo
de mulher...Seus lábios beijar
pelos seus lindos olhos...ficar louco.
Com os meus dedos
negros cabelos segurei...
Sonâmbulo,  passei pela quilha,
entrei no camarote...
deitado na cama acordei
tapado com um lindo saiote...
À deriva de sul... para norte
em alto mar a navegar,
num pequeno bote...
Em duas bóias agarrar,
dois seios redondinhos...
Foram a minha sorte,
do afogamento me salvar!
(Eduardo Maria Nunes)
rosa-branca diz:
Mas que salvamento gostoso amigo Edu...
acho que a maioria gostaria de correr
o risco de afogamento.
O problema é que podiam não ter à mão as bóias...
gostei do poema com humor.
Os meninos/as tristes também sabem
fazer poemas marotos (também os faço)...
A nossa alma tem lugar para tudo isso.
Assim não azeda de vez.
http://roseira-branca.blogspot.pt/
Fernanda Oliveira diz:
Sonho encantador de prazer e amor,
Desse sonho eu acredito
que você nem queria acordar,
Imagina esse mar...
em meio aos cabelos negros
e lindos olhos pra sempre navegar?
Percorrer lindo corpo e desvendar
os mistérios deste misterioso
oceano! Ah, que encanto
Livremente navegar no lindo olhar
de quem está a se apaixonar,
Seria mesmo uma linda noite de luar,
a vontade seria grande de se amar.
Eu diria. Ninguém me salve desse afogamento,
deixa-me por favor viver esse momento.
http://nandamusicpoesi.blogspot.pt/

terça-feira, 20 de novembro de 2012

"O GAROTO!"

C O N T I N U A C Ã O

O garoto foi enganado
para ficar onde não queria
considerando-se abandonado
triste chorava de noite e de dia.
Na idade escolar,
não frequentou o ensino diurno
tinha que trabalhar
não lhe deram oportunidade
para o ensino de dia frequentar
oriundo da sacrificada saciedade
vitima da, infantil, exploração
o garoto triste vivia.
De uma cepa fez um pião
chorava mais do que sorria
obra da sua imaginação
aos seus amigos ele dizia...
O pião tinha um bico
na parte inferior
de madeira construído
na parte superior
tinha uma carapinha.
Da miséria sofredor
cama para dormir não tinha
colchão de palha no corredor
no chão, duro, de cimento.
Sonhava com a liberdade
de um feliz acontecimento
tinha muito vontade
de aprender a ler e escrever
encontrou a solução
para a escola de noite a correr
foi assim que aprendeu a lição,
proibida a exploração infantil
determinado pela revolução
dos cravos, em Abril!
(Eduardo Maria Nunes)

sábado, 10 de novembro de 2012

"DESEJOS TRAÍDOS!"

Saudade lembrança vivida
ilusão de um sonho passado
recordação de uma dor sofrida
por amor coração magoado.

Realidades da vida
desgostos sofridos
de um louca corrida
desejos traídos.

Encontro realizado
vivida desilusão
amor não encontrado
tristeza no coração.

Numa viagem de sonho
um coração apaixonado
de rosto tristonho
recordação do passado.

Encontro não esquecido
desejo não realizado
no passado vivido
dentro do peito guardado!
(Eduardo Maria Nunes)
Gracita diz:
Sonhos não realizados
amores perdidos
desejos traídos
saudades guardadas

No peito uma dor sufocante
que esmaga e corrói
esta danada que tem por nome
saudade...saudade de um amor
jamais vivido...uma recordação sofrida.
http://gracitamensagens.blogspot.pt/
Franciete diz:
Eu venho de longe
de muito longe.
mas não me mirei ao espelho
pois não sei a distância
que fica de Luís Coelho.

Que pena eu tenho de ele se chamar coelho!
Pois afinal o outro coelho
que nem em casa tem um espelho
para nos fazer tanto mal.
http://lamentosdealma.blogspot.pt/
Cecilia sfalsin diz
Saudade é uma dor imensa,
um sentir inexplicado,
amor que outrora vivido
hoje se engraça no passado
quisera eu ter morrido,
do que nunca ter amado.

Um beijo deixo para ti
que encanta meu espaço,
não sei se sigo sua rima,
mas gosto do seu afago,
que com tanto carinho se expressa,
que me deixa encantada...

Flores para ti...que levo as minhas daqui...)
http://ciaborboleta.blogspot.pt/
Sônia Amorim diz:
Saudades das folhas caídas da árvore da vida,
cada uma com sua missão cumprida,
mais uma etapa, mais uma ida ou partida,
seguindo rumo a conquista de mais coisas que um dia
certamente sentimos saudades.
A vida é isso, vivemos coisas jamais esquecidas,
porque quando não tivermos mais nada para fazer,
relembraremos e sentiremos saudades!
http://escritorauniversoparalelo.blogspot.pt/
Verinha Portella diz:
Tenho saudades de mim mesma...
da menina alegre que fui...
Saudades dos sonhos sonhados
Não realizados...
tenho saudades do que eu via em ti
e hoje não vejo mais, saudades do amor que senti,
 e por quem tanto sofri...
tenho saudades daquilo que eu acreditei e hoje percebo
que eu apenas sonhei...
apenas sonhei...
http://vera-portella.blogspot.pt/

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

"PRÉMIO DARDOS!"

 Bem vinda Rosa Branca
Com o teu perfume a este jardim 
 Trazes  com ele  nova esperança
Jardineiro recebe com carinho sim.
http://roseira-branca.blogspot.pt/
Saudade lembrança
de  flores circundado
este prémio perfumado
recebi de Rosa Branca.

Na Roseira florida
sem espinhos perfumada
por mãos delicadas colhida
no meu peito colocada.

Junto do meu coração
especial recordação
de uma roda enfeitada.

Podada com jeitinho
regada de madrugada
em suas pétalas um beijinho
OBRIGADO
Rosa Branca encantada!
Daniel Costa diz:
Trovador
Afamado
Eduardo senhor
Mais um prédio Dardo
Ganhou com sabor
Parabéns com agrado
Compensou com poema de valor
http://danielmilagredanieldaniel.blogspot.pt/
rosa branca diz
Mas que belo jardineiro
Eu havia de encontrar
Que sabe podar por inteiro
Um jardim a desfolhar

Obrigado de verdade
Pelos versos, adorei
Lhe deixo com amizade
Duas rosas que apanhei

Uma branca outra amarela
Para dar à cinderela
Do palácio onde é rei.
http://roseira-branca.blogspot.pt/

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

"AGENDA DE OURO!"

PRESENTE ESPECIAL
 Recebi com carinho
não o podia recusar
trazia dentro um beijinho
onde irá continuar
para não se perder
nem de mim se afastar.
Nunca te irei esquecer
gosto muito do teu olhar
ainda não disse
de quem estou a falar
aborrecida não fique
sempre linda ela estar
de Gracita, eu tive 
este prémio aceitar.
Uma agenda de ouro
adoro a sua beleza
é com certeza um tesouro!
Parabéns GRACITA.

"VERDES FOLHAS!"

Pétala no chão caída
nas pedras da calçada
por ter ficado magoada
pelo jardineiro socorrida.

Da roseira, mãe, separada
pelo vento que soprou forte
brisa fresca vinda do norte
numa escura madrugada.

Quando o Sol nasceu
a roseira desfolhada
 de vergonha se escondeu
na primavera encontrada.

De verdes folhas vestida
com o perfume delas
suas pétalas mais belas
na roseira florida!
(Eduardo Maria Nunes)

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

"PRÉMIO DARDOS!"

Recebi este prémio dardos, oferecido por Cristina
Gracias Cristina
imagina o meu contentamento
teu perfume de menina
flor do meu pensamento.
Teu nome é lindo
a cor dos teus não vi
teu prémio bem vindo
de ti Cristina o recebi.

Está aqui ao dispor
de quem o quiser levar
com o perfume da flor
para o seu corpo perfumar.

onde sempre o possa olhar
oferecido com carinho
para você o bem guardar
lá no seu cantinho.

sábado, 3 de novembro de 2012

"RECORDAÇÃO!"

Caia a chuva na terra,
corria, no rio água barrenta
até à foz sem parar,
de uma nuvem cinzenta,
que o vento, no céu, fazia deslocar,
no pensamento a lembrança
de quem partiu e não voltou.
Do penedo da saudade
ficou a recordação, 
do amor e da felicidade
dentro do peito o coração
que o vento não levou.
Depois da nuvem passar
no céu, o sol brilhou
lancei os olhos no além
vi os pássaros a voar,
borboletas também,
 iam nas flores pousar
no dia da liberdade
com saudade rima bem!
(Eduardo Maria Nunes)
Gracita diz:
A chuva fria tocou fundo o coração
Fazendo o poeta se emocionar e recordar
E lindos versos de saudade escreveu
Um amor que foi embora
Levando a sua felicidade

Não fica triste poeta
Essa partida não é verdadeira
Um amor forte e apaixonado
Sobrevive às intempéries
E retorna ainda mais forte e vibrante.
http://gracitamensagens.blogspot.pt/
Pérola diz:
Tristes podem ser as partidas.
Amiga meu a alegria reencontrou
Para trás ficaram as despedidas.
Com amor e esperança recuperou.
http://eeratudomuitobom.blogspot.pt/

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

"NUVEM NEGRA!"

Faz hoje anos, longe daqui
vi o Sol a brilhar
de repente desapareceu
fiquei nuvem negra a olhar
cujo, o sol atrás dela escondeu
Eu vi.
Dessa nuvem água a cair no chão
meu corpo molhado senti
com a minha mala de cartão
Eu vi.
O Navio Pátria encostado
ao porto de Nacala-Moçambique
de onde, antes, tinha desembarcado
Eu vi.
Com a minha mala na mão
longe daqui!
De cartão a mina mala
melhor, outra não tinha
estava, ela, tão velhinha,
 minha roupa, de vestir, guardava
por favor não façam pouco dela
nem sem riam de mim
porque a vida ser tão bela
minha mala era mesmo assim
Sem pega quase ficava
por causa da chuva que apanhou
se não tivesse tido cautela
quando minha mão nela pegou!
(Eduardo Maria Nunes)

Oferecido por Cristi@ne

Image and video hosting by TinyPic"

Oferta de Sandra Veneziani

Image and video hosting by TinyPic"